Auto-estima

Livro “Quando me amei de verdade”

Autoras Kim McMillen & Alison McMillen

É um livro de bolso com reflexões e valorização de pequenos gestos ou situações do dia-a-dia, escrito por uma mulher que faleceu meses depois repentinamente. Sua filha (Alison) fez edições artesanais para presentear algumas pessoas e suportar sua perda. Como o livro foi passado de mão em mão, fez sucesso e depois foi enviado para uma editora e publicado.

214882g1

Capa do Livro “Quando me amei de verdade”

 

Confesso que esperava um pouco mais do livro. É curto e simples.

Recomendo para quem precisa dar um “up” em um dia triste.

 

Anúncios
Categorias: Auto-estima, Leitura, Reflexão | Tags: , | Deixe um comentário

Diário de Gratidão

Em 2014 muitas coisas aconteceram. Muitas coisas que poderiam ser consideradas ruins por não saber como lidar e também muitas coisas boas. Foi um ano comprido, cheio de altos e baixos, dias tristes, dias alegres, alguns que muitas coisas doidas aconteceram ao mesmo tempo, mas um ano que sou grata.

Imagem da internet

Imagem da internet

 

Para não ficar com a sensação do que teve mais coisas “ruins” do que boas, decidi fazer um diário de gratidão com uma relação das coisas boas que acontecem dia-a-dia desse ano que se inicia.

Capa do Diário

Capa do Diário

Não importa o que seja, não importa o tamanho, se for bom vou anotar, para que eu consulte nos dias em que eu achar que a esperança precisa ser renovada.

Categorias: Auto-estima, Diário de Gratidão | Tags: , | Deixe um comentário

2014… Sou grata!!!

Agradecer é preciso! Sempre!!!

Agradecer as lições que levo pra vida, que utilizo muito, que me faz crescer como pessoa.

 

Sou grata!

E explicando:

A origem da palavra obrigado como forma de agradecimento vem do latim obligatus, particípio do verbo obligare, ligar, amarrar. É a forma abreviada da expressão fico-lhe obrigado, ou seja, fico-lhe ligado pelo favor que me fez.

Quando nos tornamos devedores de outrem por serviço que nos foi prestado, criamos um elo de ligação, mesmo que momentâneo.

Já a gratidão vem do latim “gratia”, que significa literalmente graça, ou gratus, que se traduz como agradável. Significa reconhecimento agradável por tudo quanto se recebe ou lhe é reconhecido. É uma emoção, que envolve um sentimento e portanto, não há obrigações, ligações ou amarrações.

E sim amor sincero. Uma boa vibração em agradecimento ao Universo que me retribui sorrindo com mais coisas boas.

As “coisas ruins” ficam com outro peso, com outro ar.

E assim termino meu ano: com muitos aprendizados, mais bagagem e experiência e agradecendo ao Universo pelo conhecimento para que 2015 seja um ano melhor, promissor, de aperfeiçoamento como ser humano, ainda que esteja um pouco longe disso, mas o primeiro passo foi dado…

 

Sou Grata!!!

Categorias: Auto-estima, Reflexão | Tags: , | Deixe um comentário

Consciências

Hoje, 20 de novembro, dia da Consciência Negra, não pude deixar de notas algumas “revoltas” explicitas no facebook, por algumas pessoas que dizem que “Consciência Humana” é tão importante quanto consciência negra.

Eu mesma publiquei essa imagem aqui:

1

Fonte: Omeletras, Homelet & Juliegg – Facebook

 

Esse é um assunto delicado, e assim como a campanha política para presidente deste ano, não  podemos perder amigos por falta de interpretação, nem falta do uso do bom-senso e respeito ao pensamento alheio.

E não estou aqui pra me explicar, mas mais pra desabafar da tristeza que dá de saber que é necessário um dia específico para algo que as pessoas não procuram saber o que é, mas comemoram por ser feriado.

Criaram o dia do magro? Dia do gordo? Dia do baixo ou do alto? E o dia do bullying? Mas deviam criar o bom senso todos os dias em forma de respeito ao próximo e a si mesmo.

Sempre falo que uma das coisas mais bonitas que temos em nosso país é a miscigenação, mas infelizmente o próprio brasileiro não se dá valor, aplicando em si mesmo o bullying e o racismo e fica fazendo ativismo de sofá. Já bastam os problemas da vida não?

Para que a educação prevaleça entre as pessoas, independente do seu tamanho, da cor dos olhos, cabelos e pele, além de outros atributos físicos, temos que ter a “consciência” de que somos seres humanos e que temos valor (daí eu entendo o termo “consciência humana”).

Nossa cultura é bela, nosso país é belo. É belo ter amigos, é belo nos amar, é belo ser quem somos, é belo respeitar.

Viemos do mesmo universo e vamos pro mesmo lugar, independente de cor, raça ou credo, então resumindo no recadinho abaixo:

Fonte: Imagem da Internet

Fonte: Imagem da Internet

Pra quem quiser saber mais sobre o que é “Dia da Consciência Negra” pode caçar no Google ou dar uma lidinha aqui.

Categorias: Auto-estima, Reflexão | Tags: | Deixe um comentário

O que faço agora?

Não estou de luto pelo Brasil como algumas pessoas andam falando que estão.

Eu simplesmente respeito que o que surgiu aqui, é a preferencia da maioria.

Não sei o que vai ser do país, mas tenho medo do que vai ser de mim. Há 11 meses estou desempregada. Achei que após a Copa do Mundo as coisas melhorariam. Depois achei que após o primeiro turno das eleições as coisas melhorariam. E por último achei que após escolher o presidente da República as coisas melhorariam. Não dá pra saber nesse exato momento se vão melhorar, mas acreditar é a única alternativa. Se perder a esperança, aí sim, as coisas pioram, pois sem esperança não temos compromisso conosco, não temos vontade de nada, a depressão chega, pois não há ocupação para alcançar o objetivo de vida almejado.

Capturar

Imagem da internet

E agora o que faço?

Peço bolsa Família? Não, não tenho filhos.

Bolsa-Ditadura? Não sou perseguida política.

Bolsa-Permanência? Não faço curso presencial mantido pelo INEP.

Bolsa-Copa? Não sou funcionária do governo que trabalhou na copa.

Bolsa-Olímpica? Não moro no Rio de Janeiro, nem sou funcionária do governo.

Bolsa-Escola? É o mesmo caso da bolsa-família.

Bolsa-Alimentação? É o mesmo caso da bolsa-família.

Bolsa-Trabalho? Já passei dos 28 anos faz tempo.

Bolsa-Cidadão? Meu marido ganha mais de R$ 100,00 que é o máximo da renda por família

(ainda bem né, afinal ele tá se apertando pra pagar todas as contas).

 

A única coisa que me deixaria mais tranquila neste momento seria ter um emprego que permitisse que eu comprasse uma bolsa comum para carregar meus documentos, meus cadernos e anotações, me realizar profissionalmente e ter uma vida de harmonia, como o direito de qualquer ser humano. Tenho certeza que não sou só eu que estou nessa situação!!!

 

(para saber mais sobre essas bolsas veja aquihttp://www.avozdocidadao.com.br/agenda_debate_bolsas_do_brasil.asp)

Categorias: Auto-estima, Desafios | Tags: , | Deixe um comentário

Direito de dizer não…

Pequena reflexão sobre um direito que muitas vezes não temos controle…

 

dizer-não

Eu tenho direito de dizer não!!!!

Não!

Não, eu não quero!

Não, eu não vou!

Não, eu não me importo!

Não, eu não te dou esse direito!

Não, eu não vou fazer algo contra minha vontade.

Não, eu não vou te agradar.

Não, eu não vou sucumbir por você.

Não, eu não farei isso por você.

Não dá pra agradar as pessoas o tempo todo.

Eu tenho que agradar a mim primeiro. Ser fiel a mim e mais ninguém.

Pois quando me importo, dou o direito, faço algo contra minha vontade para agradar, eu estou sendo o que você quer e não o que eu sou.

E assim nasce a hipocrisia, o circulo vicioso da mentira, da falta do amor próprio, do desprezo a si mesmo…

E isso não me dou o direito!!!

Texto de Sueli Silva

Categorias: Auto-estima, Reflexão | Tags: , , | Deixe um comentário

Desafios

Todo dia é um desafio novo, e não adianta, eles estão na vida tanto de quem fez quanto de quem vai fazer a gastroplastia.

O desafio de viver obesa é terrível. Caminhar, manter a saúde, carregar peso, sofrer bullying, de conseguir vestir uma roupa, enfim, são muitos desafios.

Imagem do Google

Imagem do Google

Mas ter e manter a saúde também são um grande desafio.

Tem o desafio da reeducação alimentar, dos exercícios, de se informar, de abrir novos leques, enfim, o desafio de viver sem deixar a peteca cair, como qualquer outra pessoa, mas que o tempo nos faz ficar mais conscientes e ver a importância disso tudo.

Daí você decide se é um desafio ou um jogo, mas o importante é a dedicação para chegar em sua meta e na sua vitória.

Categorias: Auto-estima, Desafios | Tags: , | Deixe um comentário

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Aconteceu Comigo!

As mais engraçadas, tristes e até ruins experiências do dia a dia contadas em crônicas divertidas e únicas! Aconteceu comigo e com você?

a saga do apartamento

blog de decoração, inspiração e criatividade

O Peso do Preconceito

Dê voz a sua luta, seja contra o preconceito seja ele em que seguimento social esteja, o peso do preconceito pode ser grande, porem o peso da sua força é bem maior.

"Como, logo me culpo!"

Um pouco de mim para Qualidade de Vida de todos...

Bambu Chuveroso

Um pouco de mim para Qualidade de Vida de todos...

Bye Bye Gordura 12 anos online!

Um pouco de mim para Qualidade de Vida de todos...

Melhor Com Saúde

Um pouco de mim para Qualidade de Vida de todos...

saladasussu.wordpress.com/

Um pouco de mim para Qualidade de Vida de todos...